logo1 300x188 a comissão Nacional da concorrência Microsoft investiga a Microsoft

A comissão Nacional da concorrência tem aerto uma investigação relacionada com posível praticas restritivo levado a cabo por Microsoft que proibiu a revenda dos seus programas.

A denúncia foi presentar pela companhia Elegant Business e pode-se ler em ela que praticá-las arranques pela companhia de Bill Gates são “no âmbito dos sistemas operativos para computadores pessoais” exclusivamente relevantes.

A comissão assegura ter para ter acesso a uma série de dados onde a violação dos artigos 1 2 da lei de defesa da concorrência e dos artigos 101 103 do tratado de funcionamento da união Européia põe-se de manifesto e e. A decisão do CNC poderia não se conhecer até dentro de 18 meses.

Sem Comentários.

Nenhum trackback ainda.