Apple iAds

Depois de que anúncio o segunda-feira passado 7 de maio, sua plataforma própria da publicidade móvel iAds, para iPhone, iPod Touch e iPad, Apple depois começou na conferência mundial de desenvolvedores da empresa de Cupertino a eliminar aplicações da publicidade móvel do Apple Store o WWDC 2010, dias, numa atualização da seção 3.3.9 do contrato de licença para desenvolvedores de aplicações do sistema operativo iOS, onde agora estabelece-se que a informação sobre o utilizador final só pode ser obter com sucesso com o consentimento do só e pode-se fornecer ou permitir a uma empresa cujo negócio principal sois ele da publicidade nos dispositivos móvéis.

Ou esta política nova nova pratica de Apple bom não foi visto por empresas como Google, Microsoft, e desenvolvedores independentes, já que por exemplo AdMob, uma rede publicitária móvel que foi comprado por Google a final de novembro de 2009 em alguma coisa mais de 750 milhão de dólares, uma compra que duro varios meses até que a comissão Federal de Comercio aprovasse o (FTC), agora não poderá oferecer ninhúm tipo de anúncio nos dispositivos móvéis de Apple AdMob.

A sorte mesma correria qualquer_outro aplicação da publicidade móvel, já que Apple não quere que ninhúm empresa, Google menos, beneficie-se a costa dos seus dispositivos móvéis economicamente, por tal motivo Apple das autoridades novamente este baixo a lupa monopólio de Estados Unidos que poderia investigar esta política nova sobre a restrição da publicidade externa com ajuda de aplicações nos produtos móvéis da Apple.

Steve Jobs tem didito que não é uma decisão deixar a concorrência fora para, mas para preservar os direitos à privacidade do utilizador.

O que este em jogo é para ver se esta política nova de Apple afeta o consumidor final, e não à concorrência entre iAds de Apple e AdMob Google De.

Via: Financial Times.