Chama-se Cliq nos EUA e Dext no resto do mundo. É a mais recente aposta da Motorola para sair da crise. É um smartphone que corre Android e estreia no final de 2009.

motorola dext cliq

A Motorola deu a conhecer ontem um smartphone composto por duas peças deslizantes, uma câmara de 5 MP, teclado QWERTY, ecrã táctil de 3,1 polegadas, e acesso a redes 3G.

A companhia norte-americana não revela o preço do novo dispositivo que fez a primeira aparição pública na conferência Mobilize 09, em São Francisco – apenas deu a conhecer a estratégia de lançamento, que prevê o lançamento nos EUA no quarto trimestre sob a denominação de Cliq e a distribuição para o resto do mundo, já durante de 2010, com nome de Dext, informa a Cnet.

O Dext marca o regresso em força da fabricante norte-americana aos terminais mais potentes, cinco anos após o bem sucedido Razr.

Entre os principais atractivos do novo smartphone destaca-se a parceria com o Google que não só se reflecte na adopção do sistema operativo Android, mas também na inclusão do Google Maps com Street View, Google Voice Search, Picasa, e GTalk.

Às aplicações cedidas pelo maior motor de buscas junta-se outra novidade: o interface MotoBlur que sincroniza páginas de Facebook, Twitter, MySpace e contas de e-mail para o ecrã principal.

O novo dispositivo da Motorola é compatível com múltiplas tecnologias de e-mail e tem instalado de origem um acesso para a loja de música da Amazon, aplicações do YouTube e Last.FM.

De acordo com a Reuters, o mercado recompensou, no dia de ontem, a Motorola com uma valorização de 1,5% dos títulos da companhia na bolsa de Wall Street, dando seguimento à ascensão de cerca de 10% que se registou no último mês.

Dentro de algumas semanas, é possível que as acções da Motorola voltem a registar nova oscilação, com o lançamento de um segundo smartphone com sistema operativo Android.

Fonte Fonte: Exame Informática