Smart Network Cidades última start-up

red 300x200 La Red de Ciudades Inteligentes ultima su puesta en marcha

As cidades de Logroño, Vitoria, Palencia, Cáceres, Santander e Burgos ter dado o primeiro passo na criação do chamado Rede de Cidades Inteligentes, uma nova ferramenta deverá estar disponível ainda este ano e visa prioridade para impulsionar o crescimento econômico, social e de negócios de diferentes cidades através da inovação e 2,0 de comunicação.

O Manifesto Cidades Inteligentes, assinado pelo top cinco representantes municipais, dizer que “a inovação eo conhecimento, apoiados pela tecnologia da informação e comunicação são as chaves sobre a qual basear o progresso das cidades na nos próximos anos para tornar a vida mais fácil para os cidadãos, alcançando um mais coesa e solidária, gerar e reter o talento de nossos jovens, e criar um novo valor agregado tecido económico “.

O promotor da iniciativa, Iñigo de la Serna, o prefeito de Santander, sublinhou a importância de unir esforços do maior número possível de instituições públicas, ao mesmo tempo ter o apoio da iniciativa privada, permitindo um compromisso o projeto de todas as áreas.

Javier Maroto, vereador da cidade de Vitoria acredita firmemente que as novas tecnologias são uma ferramenta que pode ajudar significativamente na melhoria dos serviços públicos e sua eficácia a um custo reduzido.

Participantes esperam os frutos da Rede de Cidades Inteligentes pode ser palpável no funcionamento dos municípios a partir do primeiro trimestre do próximo ano.

Gostou? Compartilhá-lo!

Ligação curta:

–>